sexta-feira, 18 de abril de 2008

Amor Escondido

Explode a vontade de ter dizer;
Aquilo que a própria razão nega;
E que o meu coração esconde…

Cada vez em que te posso ver;
Toda a minha alma sossega;
Nascendo a esperança não sei d’onde…

No fundo o que eu estou a fazer é sonhar;
A fraqueza tornou-se no meu ponto forte;
Mas o hoje traz a certeza do amanha perdido…

A realidade diz-me que não te posso amar;
Teus olhos são ausentes, teu carinho já é uma sorte;
Apenas te posso dar o meu amor escondido!

Nenhum comentário: