sexta-feira, 18 de abril de 2008

Meio Poeta

O homem vive os sentimentos,
O poeta entende-os!
Um poeta não finge muito menos mente,
O poeta sente!
Qualquer poeta aceita a dor como sua.
Procura o sol mas encontra a lua…
Inspira-se no sofrimento,
Refugia-se no seu silencio,
A tristeza é sempre o seu momento…!
Num poeta não conta a idade,
Apenas a sua maturidade
Para entender o seu mundo
Bem lá no fundo!
Um poeta escreve com arte e talento,
Sem nenhum fingimento
Tudo o que lhe vai no peito!
Só sou meio poeta,
Tenho a alma, não tenho o jeito…!

Nenhum comentário: