sexta-feira, 18 de abril de 2008

Não exijas nada de mim
E terás tudo…
Não procures o amor nas palavras,
Procura-o na ternura dos meus olhos
A cada instante que te vejo!
Em cada acção minha,
Tu estás sempre presente,
Viver por amor é uma sina,
Olha nos meus olhos, eles não mentem…!

Nenhum comentário: