sexta-feira, 7 de maio de 2010

O que pensamos é mais interessante e elaborado do que aquilo que conseguimos transcrever. Geniais são aqueles que, na escrita, se aproximam de verdade dos seus pensamentos.

5 comentários:

none disse...

Oi, Mônica,

Obrigado pela visita e comentário lá no meu blogue.

Por que seu blogue Nutricionista está "abandonado"? (Mas legal esse seu lado poeta - tb detesta "poetiza"?)

[]s,

Roberto Takata

Mônica Lobo disse...

Oi, Roberto.

Meu blog Nutricionista é só um anúncio. Eu falo de Nutrição e Ciências no "Comendo com os Olhos".

Obrigada pelas visitas!

Mônica Lobo disse...

Quanto ao nome Meio poeta veio de um poema de um amigo e do fato d'eu não ser uma poeta inteira. rsrsrs

none disse...

Como nutripoeta vc recomenda "batatinha quando nasce" ou o "feijoada à minha moda" - ou são poemas ultracalóricos? : )

[]s,

Roberto Takata

Mônica Lobo disse...

hahahaha.Adorei esse da feijoada!
São poemas ultraculturais! E serão acrescentados como ingrediente na receita do Comendo com os olhos, com certeza. Tudo a ver!

bjs.