quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

Amar é viver em júpiter, sem jamais conseguir descrevê-lo.

Nenhum comentário: