segunda-feira, 25 de julho de 2011

Seja lá o que for, seja lá onde for.
Seja!
Nem seria, nem serei.
Ser agora o que não foi e o que amanhã não será também.