sexta-feira, 7 de junho de 2013

Os programas de auditório idiotizantes, 
os jornais nacionais estéreis,
os programas de culinária lipídicos, 
os debates ensaiados, 
as novelas estereotipadas, 
os dramalhões insólitos,
a solidariedade forjada, 
a graça escrota da desgraça alheia.
Nada disso me representa.

Desligue a TV, ligue as suas idéias.
E vá pra rua!

Nenhum comentário: